terça-feira, agosto 29, 2017

Estão a gozar



Estou a adorar os balanços que fazem à 4ª jornada e as comparações com a época passada. São anedóticas. E eu estou à vontade para falar pois até fui um dos críticos severos ao que se fazia por esta altura o ano passado. Mas tenhamos a noção das coisas.

Nuno Espirito Santo jogou dentro das 4 primeiras jornadas com Rio Ave (fora) que ganhou 1-3 que era uma equipa europeia, tinha sido 6ª na época anterior e confirmou ficando a um ponto de repetir a proeza; jogou com o Estoril (casa) que ganhou 1-0 que também tinha ficado a 3 pontos da zona europeia; No intervalo do jogo contra o Estoril, ganhou inesperadamente um apuramento para a Liga dos Campeões contra só a única equipa que deu aperto à Juventus, finalista da prova rainha, a Roma, onde infringiu uma humilhação 0-3 em Itália; foi a Alvalade a um candidato ao título onde foi prejudicado e veio corrido à cacetada e para finalizar goleou o VI.Guimarães (casa) por 3-0, equipa que viria a ser a 4ª nacional.

Mas estão a brincar comigo quando fazem comparações com esta época onde defrontamos
Tondelas e Moreirenses que ficaram com os mesmos pontos das que desceram ou a um da descida ou mesmo Estoril que ficaram a 12 pontos a Europa, apanhando como mais forte um adversário que tinha sido cilindrado Luz, que vendeu o seu melhor avançado recentemente, que veio de uma eliminatória contra uma equipa medíocre e mesmo assim sofreu para a eliminar ,que só comprovou a mediocridade das equipas medianas portuguesas, e querem fazer crer que isto agora está uma maravilha?

Coloquem o calendário do ano passado e vocês veriam que a musica era outra. E nem quero entrar na equipa que o Nuno teve que construir e esta do Sérgio Conceição já feita sem comparação nas condições psicológicas de uma e de outra a todos os níveis, até nos adeptos.

Por isso parem com esse ridículo. Daqui a uns tempos falamos, para já é o tal desespero que se apoderou de todos os portistas. Já fazem lembrar os Campeões da pré-época da segunda circular ou a euforia das jornadas iniciais especialmente de Alvalade.

segunda-feira, agosto 28, 2017

Continuam os resultados por pormenores

- O FCP no seu primeiro teste mais exigente poderia ter resolvido o jogo cedo e evitado que o jogo estivesse em aberto até ao apito final. O ano passado talvez um golo fortuito do adversário sem nada o justificar e perante várias oportunidades desperdiçadas pelo FCP teria ditado um mau resultado. Este ano aguentamo-nos. Pormenores.

- O campeão que vinha cilindrando todos os que lhe aparecessem à frente, caiu perante aquele que me tinha esquecido do bom campeonato que estava a fazer, visto que os medianos Braga e Guimarães defraudavam as expectativas. Conseguiu o pontinho, da mesma forma como noutras alturas: o carácter de excepção, que só ele goza. Pormenores.

- Os outros candidatos têm mais pontos do que o futebol que apresenta, quer cá quer lá fora, pese alguns resultados enganadores. Pormenores.

Para já a diferença está toda nos pormenores, que como sabemos não dão garantias nenhumas, mas que ninguém se constipe quer nesta paragem quer com o 31 de Agosto. Mantenho-me desconfiado com os dois. Devem ser influências das últimas épocas de "sucessos".



quinta-feira, agosto 24, 2017

Os queixinhas insossos do FC Porto



O FCP tem feito uma série de denúncias ou queixinhas, como quiserem chamar, mas na realidade e já não é a primeira vez, é o Sporting que faz o que deve ser feito: denuncia nos órgãos próprios, como foi o caso agora do Eliseu.

O FCP está a comportar-se como uns queixinhas insossos, umas florzinhas. Berram muito, mas não tomam a iniciativa, estão sempre à espera que outros façam o "trabalho sujo".

Isto até já faz lembrar aquela página facebookiana que mais não é que um apêndice do director de comunicação do FC Porto ou do FC Porto mesmo. E pelo facciosismo que lá é demonstrado, às vezes até bastante infantil, dispenso bem. Sou avesso a qualquer cartilha, seja de que cor for. Gosto de gente independente, não amarrada pelo seu facciosismo doentio que tanto criticam nos outros. E se pensam que assim estão a defender o FC Porto, estão bem enganados. Estão a utilizar as mesmas tacticas e argumentos que criticam no inimigo, mas esses com um palco maior. No imediato até podem ter uma legião de seguidores doentios, a bater nas costas, como tem o dos outros clubes, mas com o tempo, o ridículo mata e o ceguismo cansa. Mas se calhar o futebol nacional é mesmo isto: Mal frequentado e as novas gerações não trazem nenhuma esperança. Até acho que são piores, com bem o demonstram nas novas formas de comunicação e as histéricas historietas por tudo e por nada. Locais onde só se apontam defeitos aos outros, refugiando-se num mar de virtudes proprias, imaculadas, sem capacidade de fazer autocritica não me interessa, aliás este tipo de locais e comportamentos até têm nomes feios e tristes memórias.

Enfim, menos jogo falado e mais jogo jogado, enquanto o estado de graça perdurar, porque depois só o primeiro sobrevirá, como habitualmente.

segunda-feira, agosto 21, 2017

Que escândalo!!!


Descobriram que a competitividade do futebol nacional é assustadora.

Descobriram que quando os grandes são minimamente competentes é isto que deveria acontecer sempre, como já referi num post recente quando estava tudo maravilhado por derrotarmos equipas medíocres, no fundo, a nata desta liga.

Agora, se juntarmos a isto a mediocridade de equipas medianas, como V.Guimarães ou mesmo Braga que acaba de vender o seu melhor avançado, temos esta histeria sem sentido.

A única equipa que mostrou força foi o actual campeão pois tinha o calendário mais difícil e esmagou-os a todos: V.Guimarães para a Supertaça e Braga,Chaves,Belenenses para o campeonato.

O Sporting só teve a deslocação a Guimarães, mas mesmo aqui encontrando o pior Vitória dos últimos tempos.

E o FC Porto só jogou com equipas medíocres. O único teste seria o próximo em Braga, mas até essa também está a anos luz de ser um osso duro como em outras épocas, ainda para mais vendendo os seus melhores jogadores em plena época desportiva em curso.

O deveria preocupar é que este ano mesmo exibições insípidas como as do FC Porto dão para golear, e outros conseguem esmagar equipas que normalmente são as únicas que conseguem roubar pontos aos grandes.

Se calhar, ao contrário da choradeira do Manuel Machado, não serão os grandes que estarão muito melhores, mas a mediocridade inesperada dos medianos e fracos.

E este ano nem se podem queixar das fortunas dos grandes: FC Porto e Benfica só venderam e quase nada compraram.

Se calhar os grandes acabaram com a ilusão com que os pequenos viveram durante muitos anos. A sua mediocridade dava-lhes jeito e disfarçava. Agora, um jogador que nem queria estar no clube e que diga-se nunca deveria ter saído e um suíço chegam e sobram. Se vai ser para continuar é que ninguém sabe e daí o fascínio desta nossa liga.


sexta-feira, agosto 18, 2017

EXPLIQUEM-ME ESTE FC PORTO



O Dragão de Ouro e dono da W52- Adriano Quintanilha também foi ao beija-mão da festa do título do Benfica na Luz no último campeonato, que dizem foi um dos mais roubados da história do futebol português.

Esta semana, ganhou a Volta a Portugal em Bicicleta e queixam-se que não deram grande destaque a uma equipa que corre com as cores azuis e brancas mas que de Porto não tem nada. Aquilo foi comprado em pacote. É, não merecem. O Quintanilha joga nos dois tabuleiros: tanto está na Luz ao lado do Luís Filipe Vieira na consagração do Benfica como está a dedicar a vitória do Ciclismo ao Pinto da Costa. Além disso, quem é que vê um desporto que nunca sabemos se o que vemos tem algum mérito ou valor desportivo? Por exemplo, isto foi o que li alguns meses depois da última volta em 2016:

"Vencedor da montanha na Volta a Portugal suspenso por doping"

Agora, o FC Porto muito crítico a tudo o que se passa na Luz e especialmente na sua Tribuna onde tantos vão ao beija-mão ao Filipe Vieira, não ficou incomodado que o dono da sua equipa de ciclismo também lá estivesse. Curioso. Vá lá a gente perceber este FC Porto.

Leio algures num jornal nacional português:

Director de Comunicação do FC Porto afirmou, ainda, que o presidente do Tondela tem uma ligação ao Benfica. "Só pede mimos quando joga com o F.C.Porto"



Curioso, o FC Porto que empresta ou faz negócios de jogadores com o Tondela queixa-se da benfiquização do seu Presidente. Vá lá a gente perceber este FC Porto.


segunda-feira, agosto 14, 2017

PORMENORES


Não estava nem convencido nem iludido, mas a segunda jornada num mês mais favorável de todos os concorrentes ao título dissipou todas as dúvidas e a euforia bacoca. Ganhámos por pormenores. Os mesmos que o ano passado nos levaram ao desespero. Ou seja, como me parecia, ainda para mais em testes contra equipas medíocres, estamos igual. Mas até parece que permitimos muito mais ao adversário coisa que o ano passado nem cheiravam, mas na frente temos tido a estrelinha desde o adversário que nos oferece um golo ou o ressalto dos deuses. Bem, que seja para continuar, já que a euforia deu lugar a uma maior racionalidade.Pelo menos temporariamente. A tal equipa massacrante e ataque demolidor também está refém dos pormenores. E esses são imprevisíveis. E ainda não apanhamos uma equipa a sério.

quarta-feira, agosto 09, 2017

16 TROFÉUS DEPOIS





Continuem iludidos ao atribuírem todos os fracassos aos factores externos. Não acordem não a partir de hoje e fiem-se nos emails do Francisco J.Marques que vão ver o resultado. Foi assim que eles, o agora polvo, passaram pelo deserto em pleno Apito Dourado.


O discurso é mesmo à José Mourinho. Nota-se. Há muita ilusão, para mim completamente precoce, uma pré-época contra adversários medíocres( que como já disse anteriormente até se compreende, mas que não tem qualquer significado, dada a valia dos adversários que os nossos concorrentes directos defrontaram), mas cá estaremos para avaliar e deixarmo-nos embalar na onda também. 16 troféus depois já começa a meter pena e as desculpas também.


*

- Uma infantilidade e amadorismo ao utilizarem um jogador que não estava em condições para jogar mas que o desespero assim o obriga e sabe-se lá com que consequências futuras.

- 30 minutos de nada, até que alguém nos fez uma oferta infantil. Num tempo de suspeitas, não nos podemos queixar da generosidade.

- Golo de ressalto.Os deuses estão connosco.

- O avançado suplente e ridicularizado torna-se o homem do jogo. Os goleadores da pré-época não existiram. Nada disto faz sentido.

- Acabámos a dar 4 a um Estoril enquanto os detentores do título deram 3 a um dos candidatos ao título do futuro. E perderam 3 titulares da equipa. É fácil ver quem fez mais perante dificuldades diferentes. Parece a pré-época.

- O VAR ofereceu-nos justamente um golo, enquanto na Luz um penálti a favor do Benfica por unanimidade do Tribunal do Ojogo não foi marcado, o mesmo Tribunal que diz que Braga não tem razão de queixa no golo anulado. Até aqui não nos podemos queixar.

- Venham mais testes, num mês de Agosto muito mais tranquilo do que o dos concorrentes directos. Para já, fiquei com a mesma sensação que já estava. Não estou convencido nem iludido. E vejo histeria a mais. É o tal desespero que falei num post anterior. Este tipo de sentimentos são mesmo propícios a estados depressivos à menor contrariedade. Espero estar enganado.



terça-feira, agosto 01, 2017

ESTOU DE FÉRIAS...O MELHOR AINDA ESTÁ PARA VIR...:-)


Apareçam lá por casa...:-))

Especialmente para comentarem as aventuras do nosso Francisco neste querido mês de Agosto, que a lampionagem tanto teve, pese os padres, as missas, os bruxos, os cartilheiros, o polvo condicionado e as comissões de honra:



Pois o melhor ainda está para vir:



Que assim seja...


------------------------------------------------------------------------